BALANCED SCORECARD: O QUE É E QUAIS SÃO OS OBJETIVOS?

  31/05/2017 - Por : - Balanced Scorecard: o que é e quais são os objetivos?

É bem provável que você já tenha ouvido falar no Balanced Scorecard (BSC).

Essa prática tem como finalidade mensurar a performance da empresa e subsidiar a tomada de decisão e a gestão estratégica.

O BSC surgiu a partir do estudo Measuring Performance in the Organization of the Future, realizado em 1990 pelo Instituto Nolan e Norton.

A pesquisa foi motivada pelo fato de os métodos que existiam para analisar o desempenho das organizações estavam se tornando insuficientes.

Disso, surgiu a ideia do BSC, que foi apresentada por Kaplan e Norton, dois professores da Harvard Business School.

A questão é: como um levantamento teórico pode ser aplicado na prática?

Vamos responder a essa pergunta neste post.

O objetivo é presentar porque o BSC é uma metodologia de gestão estratégica que faz tanto sucesso e de que forma ele pode ser utilizado no seu negócio.

Então vamos lá?

O que é o Balanced Scorecard?

Essa metodologia vem sendo aplicada em todos os tipos de empresas no mundo, independentemente de porte ou segmento.

As organizações dos setores público, não governamental e privado apostam nela porque já houve provas de sua eficiência.

Mas o que significa BSC? É a sigla para indicadores balanceados de desempenho. Esses índices são capazes de abranger diferentes elementos relevantes para acompanhar e facilitar a continuidade da estratégia.

O BSC ainda possibilita criar uma rede de performance que abrange todos os âmbitos organizacionais.

É, portanto, uma ferramenta de comunicação e promoção do comprometimento de todos com a estratégia corporativa.

Quais são os objetivos do BSC?

O princípio fundamental dessa metodologia visa ao alinhamento entre as atividades operacionais da empresa e o planejamento estratégico traçado por ela.

É por isso que o BSC representa a estratégia e a missão organizacionais por meio de medidas e objetivos, que são traduzidos por indicadores.

Esses índices facilitam a mensuração dos resultados e ainda informam os colaboradores sobre os pontos positivos e negativos.

Essa informação possibilita envolver a todos no alcance de objetivos de longo prazo.

Para chegar a esse resultado é preciso tomar algumas ações específicas, que demonstram os objetivos do BSC. São elas:

Traduzir e esclarecer a estratégia e a visão

Os objetivos organizacionais só podem ser plenamente alcançados quando traduzidos pela missão estratégica.

Todos os gestores devem trabalhar esse conceito por meio de indicadores e metas relativos a cada departamento.

Assim haverá um consenso entre colaboradores, gestores e atividades empresariais.

Estabelecer e planejar metas e alinhar iniciativas estratégicas

A definição de metas depende dos gestores.

Eles também precisam definir processo, realizar o planejamento financeiro e indicar o ritmo esperado de crescimento para a empresa.

É importante que esse plano seja realizado conforme a capacidade organizacional e a projeção de desempenho.

Melhorar o aprendizado estratégico e o feedback

O processo de revisão e o feedback analisam a performance da estratégia adotada pela empresa e o desempenho das metas.

Os conhecimentos e habilidades dos colaboradores são otimizados, além de ser mais fácil executar o monitoramento e o controle do negócio a partir de 4 perspectivas: clientes, financeiro, aprendizagem e crescimento e processos internos.

Associar e comunicar medidas estratégicas e objetivos

Os gestores devem comunicar as estratégias unindo os objetivos traçados às especificidades de cada setor.

Dessa forma assegura-se que todos os âmbitos da empresa compreendam as estratégias estabelecidas para o longo prazo e que os objetivos dos setores e os individuais estarão alinhados.

Quais são as perspectivas do Balanced Scorecard?

O BSC abrange tanto as medidas de curto quanto de médio prazo.

Ele é formado por 4 perspectivas diferentes, que possibilitam uma ampla visão da performance.

Veja a seguir quais são elas e sua importância:

Perspectiva dos clientes

Esse conceito está relacionado à visão empresarial e a toda a organização.

Isso porque permite definir questões a respeito do mercado e dos segmentos nos quais a empresa deseja competir.

A perspectiva dos clientes foca em como o negócio entrega valor para o consumidor.

Para isso estabelece indicadores de satisfação a fim de trabalhar os resultados.

As demandas dos compradores podem ser enquadradas a partir de 4 categorias: qualidade, custo, prazo e desempenho e serviços.

Perspectiva dos processos internos

A empresa consegue, a partir dessa perspectiva, identificar processos críticos que impedem o alcance dos objetivos organizacionais.

É importante ressaltar que os procedimentos devem facilitar a entrega de propostas de valor aos clientes para que eles possam ser atraídos e fidelizados.

Ao mesmo tempo deve-se criar valor para os stakeholders.

A perspectiva dos processos internos gera uma visão de processos por meio de uma avaliação sequencial.

Com isso pode-se identificar caminhos diferentes que possam melhorar o desempenho organizacional perante acionistas e clientes.

Perspectiva de aprendizado e crescimento

Essa perspectiva relaciona-se à elaboração de medidas e objetivos, que servem para direcionar o aprendizado e o crescimento do negócio.

Nesse momento a empresa deve definir a estrutura que será adotada, como ela pode crescer e se desenvolver no longo prazo.

Os colaboradores são capacitados por meio de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, investimento em mais equipamentos, recursos humanos e sistemas.

Perspectiva financeira

Essa ideia pode variar conforme o status da organização.

A receita e a produtividade são indicadores valiosos e indicam a situação e consequências econômicas de projetos já realizados.

Vale a pena ressaltar que os objetivos financeiros devem se alinhar à estratégia organizacional.

Eles precisam indicar se sua execução e implementação contribuem para a melhoria do resultado.

Como você pôde perceber, o BSC é um instrumento indispensável para as empresas, porque permite traçar objetivos e acompanhá-los utilizando indicadores de performance financeiros e não financeiros.

E você, já aplica o Balanced Scorecard no seu negócio?

Se gostou desse conteúdo, aproveite e compartilhe-o nas suas redes sociais!

Avalie esse Post