COMO OTIMIZAR OS CUSTOS USANDO O LOTE ECONÔMICO DE COMPRAS?

  10/02/2017 - Por : - Como otimizar os custos usando o Lote Econômico de Compras

A ideia de otimizar os lucros e reduzir os custos logísticos é bastante atrativa para qualquer empreendedor que possua um departamento de logística. Uma das práticas que pode ser adotada para alcançar essa finalidade é o Lote Econômico de Compras (LEC).

Esse conceito é importante para o mundo da logística porque a empresa consegue economizar e ter menos impactos negativos em seu desempenho geral.

Mas como você pode aplicar essa ideia no dia a dia da sua empresa?

É isso que vamos apresentar neste post. Confira!

Lote Econômico de Compras: o que é

Essa é uma metodologia que surgiu ainda na década de 1940 com o objetivo de melhorar a gestão dos estoques.

Ela prevê que uma análise econômica deve ser realizada a fim de que um lote seja otimizado cada vez que uma compra é feita.

Assim, é possível minimizar os custos de pedido, armazenamento e transporte.

Na prática, o LEC é calculado por estimativas de saída de um produto específico em determinado prazo.

Dessa forma, consegue-se conhecer a demanda daquele período, o que proporciona a possibilidade de a empresa adquirir uma quantidade maior de mercadorias no mesmo pedido.

Como resultado, aparecem a redução dos custos de transporte e armazenamento, além de o poder de barganha aumentar e os produtos poderem ser adquiridos com u desconto maior.

Partindo dessas considerações, fica evidente que o LEC requer que algumas questões sejam atendidas. São elas:

  • Demanda conhecida e constante;
  • Restrição ilimitada do tamanho dos lotes;
  • Custos relacionados somente à estocagem e ao pedido;
  • Lead time conhecido e constante;
  • Não são agregados pedidos para mais de um produto do mesmo fornecedor.

É importante destacar que essas questões podem não ser próximas à realidade do seu negócio, mas elas simplificam o modelo do LEC. Isso significa que elas servem para estimar de maneira mais adequada a quantidade de mercadorias que deve ser adquirida.

Como calcular o LEC

O cálculo do LEC coleta informações importantes para o gerenciamento dos custos.

Por exemplo: é possível saber quantos itens devem ser adquiridos em cada lote, o tempo trabalhado pela empresa em cada lote, o tempo de ressuprimento (a partir da definição do estoque mínimo etc).

A fórmula para o cálculo é o seguinte:

LEC_Formula

O resultado será o total de itens que devem ser adquiridos no lote a fim de que o valor cobrado seja o mais econômico possível.

Por exemplo: se a demanda é de 100 itens, o custo do pedido é de R$ 50.000,00 e o custo de armazenagem é de R$ 20.000,00, o resultado seria:

 

Exemplo Calculo LEC

Agora, se você deseja calcular o tempo de produção por lote, a fórmula é:

Formula tempo de produção por lote

Esse cálculo indica o tempo necessário para que o lote seja consumido pelo setor de produção.

Voltando ao exemplo anterior, temos:

Exemplo cálculo produção por lote

Você também pode calcular o tempo de ressuprimento.

Para isso, você precisa ter uma ideia do estoque mínimo.

A fórmula é:

Formula ressuprimento

Dessa forma, você descobre a duração do estoque mínimo, a fim de que uma nova compra seja realizada no prazo sem prejuízo à produção.

Nesse caso, imaginemos que o estoque mínimo seja de 50 unidades do produto.

Aplicando os valores na fórmula do ressuprimento, temos:

Exemplo Calculo ressuprimento

 

Com esses cálculos, você garante que a sua empresa terá informações corretas e ajustadas à realidade.

Além disso, terá o ponto ideal da compra para que ela seja a mais benéfica possível para a sua empresa, reduzindo gastos e aumentando os ganhos.

E você, entendeu como pode otimizar os custos da sua empresa por meio do lote econômico de compras?

Então, aplique os cálculos que mostramos e comece a fazer compras mais inteligentes!

Para ter ainda mais vantagens, aproveite e leia o post Portal de compras: 5 vantagens que sua empresa pode obter.

Avalie esse Post