KPI. Os mais importantes para o controle estratégico do setor de compra

  10/03/2015 - Por : -

A sigla KPI (Key Performance Indicator, em inglês) substituiu no jargão empresarial os termos “Métricas de Performance” e “Índices de Performance”.

Na verdade, é uma técnica de gestão que surgiu na década de 1990 e busca mensurar o desempenho das diversas áreas de uma organização.

A empresa pode ter KPI’s específicos para cada setor, sofisticando seu nível de análise de desempenho.

Hoje, graças aos sistemas de automação, a tarefa de mensuração de resultados se tornou mais ágil e fácil.

No caso do setor de compras, é indispensável que a avaliação seja sistêmica, levando em consideração o foco nas necessidades de cada área atendida.

Assim, os KPI’s avaliam o desempenho dos fornecedores e seus efeitos na satisfação das demandas específicas do cliente (departamento, setor etc).

Essa ferramenta cria as condições para mensuração de dados e resultados.

Os KPIs no setor de compras têm como objetivos:

  •          melhorar o atendimento aos clientes (áreas);
  •          avaliar o desempenho dos fornecedores;
  •          efetuar o monitoramento de todas as etapas do processo de compra;
  •          aperfeiçoar os processos de compra, de modo a reduzir custos e elevar os níveis de competitividade.

O desenvolvimento de métricas requer a elaboração de um checklist com parâmetros para avaliação e o estabelecimento de pontuação para cada item avaliado.

Mas que razões levam a empresa a monitorar fornecedores e a estabelecer um controle estratégico do setor de compras?

A lista abrange diversos aspectos da gestão de compras, tais como:

  •          checar a capacidade de utilização de cada contrato;
  •          desenvolvimento de métricas para gestão de contratos;
  •          definição de scorecards e de metas de performance;

Cuidados na definição dos KPI’s de compras

A definição de KPI’s para o setor de compras requer alguns cuidados.

Equipes com pouca experiência tendem a criar sistemas de avaliação com KPI’s em excesso.

Times mais experientes costumam definir de três a seis pontos.

O excesso de variáveis pode interferir nas análises e comprometer o resultado da aferição.

O que a área de compras deve medir?

Quais os indicadores mais importantes?

Como escapar da armadilha de montar um sistema com KPI’s em número excessivo?

O gestor deve ter tais questões em mente no momento de elaborar a sua estrutura.

Alguns elementos são considerados importantes, independentemente da área de atuação da companhia.

O responsável pela área de compras deve escolher aqueles que mais se adequam as suas necessidades de avaliação:

  •          saving de compras, com redução do Custo Total (TCO);
  •          relação entre o total de compras da companhia e o total de aquisições gerenciadas pelo setor de compras;
  •          comparação entre saving orçado e saving gerado;
  •          valor registrado com descontos obtidos junto a fornecedores;
  •          prazo médio de pagamentos;
  •          custo unitário do pedido de compra;
  •          redução de estoques;
  •          performance de fornecedores;
  •          volume de devoluções;
  •          lead time de compras;
  •          tempo de atendimento aos setores;
  •          satisfação dos setores atendidos;
  •          produtividade do comprador.

A definição dos sistemas de avaliação do setor de compras impacta diretamente todas as áreas da companhia.

Além da melhoria dos índices de produtividade, os KPI’s promovem a integração entre os departamentos, pois colocam frente a frente as demandas específicas de cada área e as dificuldades enfrentadas no dia a dia pelo gestor de compras.

Outro dado que merece destaque é a necessidade de avaliação periódica dos KPI’s.

Mudanças de mercado, alterações no portfolio de produtos ou processos de fusão são algumas das situações que exigem reformulações nos KPI’s.

Este post foi útil para você? Compartilhe conosco sua opinião através dos comentários e não deixe de acompanhar o blog!

Avalie esse Post

KPI. Os mais importantes para o controle estratégico do setor de compra
4.4 (87.8%) 59 votes

Comentários estão fechados.